Conexão ultrarrápida 700 vezes mais veloz

Cabo submarino Brasil Europa Existem atualmente 278 cabos submarinos de fibra ótica que são responsáveis por 99% das conexões do nosso planeta à internet (os satélites conectam os demais 1%).

Estes cabos submarinos contam com uma capacidade total de troca de dados que, se utilizada de uma vez só, ultrapassaria os 7 terabytes por segundo.

No Brasil seis destes cabos estão em atividade (o último deles foi inaugurado em 2001).

Conexão ultrarrápida Brasil-Europa

O projeto Cabo Submarino Brasil-Europa, desenvolvido pela Telebras em parceria com a espanhola Islalink, vai permitir o tráfego de dados direto entre os continentes sul-americano e europeu, será iniciado em abril de 2016.

Brasil Europa 700 x mais rápido Brasil-Europa terá conexão 700 vezes mais rápida

O Brasil já possui um cabo submarino ligado diretamente com a Europa: trata-se do Atlantis 2, que está em operação desde 2000 e tem capacidade atual de apenas 40 gigabits (GB) por segundo.

Com 5,9 mil km de extensão, o Cabo Submarino Brasil-Europa vai permitir a transmissão de dados de 30 terabyts por segundo, além de ampliar a rapidez e a economia na conexão dos servidores brasileiros e europeus, dispensando a passagem por Miami, nos Estados Unidos (1 terabyte equivale a 1024 GB / 30 terabyte equivale a 30.720 GB).

Ele vai partir de Santos, em São Paulo, com um hub (difusor de dados) em Fortaleza, no Ceará, e chegará até Sines, em Portugal. Também permitirá o acesso aos Pontos de Troca de Tráfego (PTTs) nas cidades de Frankfurt, Amsterdã, Londres e Paris. O cabo também poderá ser ancorado na Guiana Francesa, Cabo Verde, nas Ilhas Canárias e em Madeira.

Essa infraestrutura é estratégica para facilitar as comunicações entre os continentes e ligar o Brasil aos principais pontos de tráfego do mundo.

O investimento ajudará na transmissão de dados para a pesquisa científica e ainda poderá baratear o preço da internet ao consumidor.



NOSSA OPINIÃO

Precisamos cobrar com muita ênfase que os veículos de comunicação, que são concessão pública, tenham uma postura de levar ao conhecimento do distinto público notícias como esta que aqui apresentamos.

COMPARTILHAR É O SEGREDO DE NOSSA FORÇA!

FONTES:
Telebras - Obras do cabo submarino Brasil-Europa começam em abril de 2016 Canalteck - Mapa mundi mostra os 278 cabos submarinos que conectam todo o mundo à internet
Tecmundo - Como a internet passa de um continente para o outro?
Wikipedia - Escala terabyte
Ministério das Comunicações - Conheça os cabos submarinos do Brasil