Por que Marina esconde o fiel tesoureiro

Rubens Novelli onde está Após quase dois anos foi divulgado o laudo pericial da queda do jatinho de Eduardo Campos.

Mas permanece sem resposta quem é o dono do jatinho.

O órgão competente por fiscalizar despesas de campanhas eleitorais, neste caso, é o Tribunal Superior Eleitoral-TSE.

E, segundo estabelece legislação, respondem solidariamente candidato e tesoureiro.

Marina Silva foi candidata em 2010 e seu tesoureiro era Rubens Novelli. Em 2014, candidata a vice de Campos, ela impôs como tesoureiro adjunto Rubens Novelli.

Ocorre a queda do jatinho e misteriosamente some Rubens Novelli.

Rubens Novelli Dias aparece em 2010, em informações públicas, tanto como presidente do PV (clique aqui) como também presidente do comitê financeiro (clique aqui).

Rubens Novelli Dias deveria ser objeto de interesse de jornalistas investigativos, mas, no entanto, seu paradeiro permanece em total mistério.

Por que será que nenhum órgão da velha imprensa pergunta a Marina onde está Rubens Novelli.

Até quando Marina conseguirá esconder Rubens Novelli?

LEIA TAMBÉM:
Tesoureiro de Marina na corrupção aérea
Marina/PSB: Bandido? [só] Eduardo Campos